1. As passagens do Corão que falam de harmonia e paz são as primeiras citações de Maomé a serem escritas e as mais violentas constituem a segunda parte das citações. As mais recentes REVOGAM as primeiras, ou seja, as passagens violentas, intransigentes e que exigem assassinatos em massa e decapitações são as que estão valendo HOJE!

2. A SHARIA é um tipo de lei que os muçulmanos tem por dever implantar em todo o mundo e não podem descansar enquanto isso não se tornar uma realidade global. Para eles democracia é pecado e abominação. Segundo eles a LIBERDADE DE EXPRESSÃO é uma falha na sociedade atual e serve apenas de brecha útil para a reivindicação da implantação da SHARIA, que é a lei pela qual eles se sentem no direito de bater em suas esposas, açoitar publicamente alcoólatras e aqueles que jogam, amputar as mãos de ladrões, executar homossexuais, açoitar fornicadores e apedrejar quem cometeu adultério até a morte. Pela própria SHARIA também são condenados à morte quem ousar criticar MAOMÉ, o CORÃO ou a SHARIA. Determina que os que abandonam o Islamismo sejam assassinados em nome de Alá e determina que aqueles que creem que Jesus é filho de Deus sejam decapitados. Pela SHARIA é também dever de todo muçulmano fazer guerra (JIHAD) contra todos os povos até que todas as sociedades e governos se curvem à SHARIA em suas terras.

3. Os muçulmanos PODEM ENGANAR quem não é muçulmano se isso for proteger suas vidas ou o islamismo. Também podem mentir em nome de Alá se isso favorecer o avanço e a expansão do ISLAMISMO em uma sociedade ou nação não muçulmana. Duas das palavras árabes conhecidas por representar essa prática são: TAQIYYA e KITMAN

MUÇULMANOS CITAM VERSÍCULOS PACÍFICOS DO CORÃO COMO SE AINDA TIVESSEM VALOR, QUANDO NA VERDADE ESTÃO PRATICANDO A TAQIYYA PARA ILUDIR OCIDENTAIS IGNORANTES A ESTE RESPEITO, PODENDO ASSIM PROMOVER O AVANÇO PAULATINO DO ISLAMISMO E DA SHARIA NO MUNDO.

NÃO SE ILUDA, SE INFORME, PESQUISE E SE PROTEJA ENQUANTO É TEMPO, POIS O ISLAMISMO VEIO PARA ROUBAR, MATAR E DESTRUIR.

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

1 João 2.22
Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o ANTICRISTO: aquele que nega o Pai e o Filho.

Apocalipse 20.4
Vi as almas dos que foram decapitados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus. Eles não tinham adorado a BESTA NEM A SUA IMAGEM, e não tinham recebido a sua marca na testa nem nas mãos.

O Anticristo nunca poderia ser um PAPA ou um cristão mesmo que católico, pois este jamais negaria que Jesus é filho de Deus ou que Deus é o seu pai; por outro lado, o Corão diz exatamente isso e ainda DETERMINA que quem ousar dizer que Jesus é filho de Deus seja decapitado!

Para os que se perguntavam o porquê que o Anticristo iria usar no futuro um método tão medieval para eliminar seus opositores como a decapitação, aqui está a resposta: porque a religião do Anticristo é medieval!

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

o fim já começou….